Como criar seu negócio com Marca de Roupas em 9 Passos

Como iniciar um negócio de roupas. Pode ser um processo que consome tudo, mas com a primeira amostra e a vendas ao cliente será uma grande satisfação. Use nosso plano de nove etapas para iniciar um negócio de roupas.

Ao começar uma linha de roupas, as tarefas a fazer podem parecer esmagadoras. Aqui estão as nove principais bases a serem abordadas.

Como iniciar sua própria linha de roupas

1. Decida seu nicho

Iniciar um negócio de roupas é uma jornada muito pessoal. Você provavelmente é uma pessoa criativa, com algo diferente para oferecer em um setor em rápida evolução.

É provável que você tenha encontrado uma lacuna no mercado ou tenha um design exclusivo em mente para um grupo de clientes específico.

Qualquer que seja sua inspiração para iniciar, é importante definir seu nicho desde o início.

Você está planejando criar uma base de fãs para um item específico, como a mundialmente famosas roupas da Supreme? Ou poderia ser um estilo específico que você tem em mente para sua linha de roupas.

Por exemplo, os produtos infantis voltados para o design, vendidos pela marca de estilo de vida Scandiborn, ou roupas masculinas?

Também poderia ser um negócio de roupas que nasceu de uma necessidade ou ethos específico, de roupas sem crueldade a acessórios prematuros para bebês.

Conheça o seu nicho e tenha em mente. Mesmo que você se ramifique e introduza muitos outros projetos com o passar do tempo, sua ideia original lhe dará herança, um princípio orientador e um motivo para ser lembrado.

2. Crie seu orçamento (ou plano de negócios)

Se essa é realmente apenas uma ideia minuciosa e você está testando seus projetos em pequena escala, talvez não seja necessário um plano de negócios completo para começar.

Cuidado, porém, se sua ideia decolar, você precisará escalar rapidamente, por isso faz sentido manter um plano aproximado em segundo plano.

Tenha em mente que a indústria da moda é notoriamente difícil de prever. Os planos precisam ser flexíveis e não há garantias; portanto, você precisará estar pronto para o desafio.

Criando um orçamento…

Nos primeiros meses, pelo menos, vale a pena manter as coisas simples. Começar com um design que você adora, sabe fabricar (ou comprar) e recebeu ótimos comentários pode ser muito mais fácil do que lançar com um extenso catálogo de produtos.

Isso ajuda a ter uma figura fixa em mente e a decidir como gastará seu financiamento, juntamente com o que deseja alcançar.

Tente dar espaço para flexibilidade, talvez você ainda não saiba o preço de materiais específicos, por exemplo, ou os custos de fabricação, mas ter esse orçamento original em mente o ajudará a tomar as decisões que impulsionam suas primeiras vendas.

Seu orçamento também dependerá se você planeja projetar e fabricar as roupas por conta própria (ou com um fabricante) ou comprar roupas de designers a preço de atacado.

De qualquer maneira, comece pequeno. Invista em designers menores e / ou equipamentos básicos para começar e à medida que a demanda aumentar, você poderá revisar suas principais despesas.

… E / ou um plano de negócios da linha de roupas

Se você precisar de um plano de negócios talvez para obter financiamento ou outro suporte comece por pregar o básico.

Você precisará fornecer uma visão geral de seus negócios, incluindo um resumo executivo e um esboço claro de como sua linha de roupas começará, crescerá e se preparará para escalar.

Você também precisará incluir a análise que fez para entender seu mercado-alvo e quaisquer concorrentes.

Lembre-se, isso precisa ser orientado a dados, concreto e, de preferência, algo que você fez com fontes externas.

Não pode ser apenas a sua visão pessoal do que há de errado com as opções atuais do mercado (embora também haja um lugar para isso!)

Seu plano também deve descrever quem está envolvido em seus negócios e o que eles fazem, seja apenas você ou você está trabalhando com outra pessoa.

Você precisará deixar espaço para o (s) produto (s), é claro, e falar sobre quaisquer planos que tenha para branding, vendas e marketing, bem como operações.

Por fim, quem estiver lendo seu plano se preocupará mais com uma coisa, e esse é o dinheiro. Você precisará terminar com uma seção sólida descrevendo claramente a atual situação financeira da sua empresa (mesmo que seja muito inicial), as prioridades de crescimento e como o investimento delas ajudará as coisas a decolar.

3. Organize seus negócios

Mesmo que você não esteja escrevendo um plano de negócios completo, os mesmos princípios se aplicam ao organizar sua inicialização.

Você pode estar pensando apenas em comprar uma máquina de costura e ir direto ao trabalho, mas mesmo isso é um compromisso de tempo e recursos.

Se você estiver investindo esforços e tiver metas para o futuro, escreva por escrito como a sua empresa tomará forma, incluindo planos e idéias para:

A sua localização. 

Você está trabalhando no seu quarto, mas com o objetivo de se mudar para um pequeno estúdio? Lembre-se de que certas regras se aplicam a negócios online ou a comerciantes do mercado .

Como funciona.

Será que você está vendendo peças em uma barraca por enquanto? Ou você vai ser um varejista online? O Facebook Marketplace poderia ser um bom lugar para começar? Nesse caso, você precisa aprnder sobre como vender no Facebook Marketplace antes de começar.

Talvez você esteja planejando abrir uma loja de tijolos e argamassa. Qualquer que seja a opção que você escolher , pode levar um tempo para separar as licenças ou autorizações (especialmente se você planeja negociar na rua ou no mercado).

Você também precisará pesquisar as regras que deve seguir antes de vender roupas na internet, comprar ou vender no exterior ou armazenar dados pessoais de seus clientes, base de fãs ou até mesmo de seus fornecedores.

Quem está dirigindo as coisas? Mesmo que seja apenas você gerenciando os negócios, existem outras pessoas importantes envolvidas nas quais você vai confiar? Por exemplo, um designer, contador, pessoas para ajudá-lo a montar uma barraca, armazenamento etc.?

O seu catálogo de produtos. Pode ser apenas um produto herói ou você pode ter uma longa lista de itens. Esteja ciente de sua lista de produtos e pense em como planeja fabricar, estocar e armazenar peças, juntamente com necessidades específicas de embalagem.

Vendas e Marketing.

Abordaremos isso com mais detalhes abaixo, mas é uma boa ideia pensar em seus planos de marketing e em como você criará algum zumbido em torno de suas roupas e designs.

Seguro.

Você pode estar apenas planejando vender tudo pela internet, diretamente da sua máquina de costura, mas se estiver investindo tempo e dinheiro, vale a pena proteger sua pequena empresa desde o início, idealmente com um seguro comercial personalizado ou apólice de roupas / moda que também pode incluir itens como seguro de varejista online e seguro de responsabilidade do produto.

Financiamento.

Você precisará ter uma ideia de quanto dinheiro você já possui, para colocar seu negócio em funcionamento e onde procurar suporte adicional. Desde Empréstimos Iniciais apoiados pelo governo até financiamento coletivo.

4. Crie seus projetos

Para qualquer empresa de vestuário, uma das etapas mais emocionantes é o desenvolvimento de produtos. Mesmo que você tenha apenas um conceito de design para um produto nos primeiros dias, comece a colocá-lo no papel ou na tela, como um esboço.

Quando estiver pronto, transforme idéias grosseiras em esboços digitais. Programas como o Adobe Illustrator podem fazer muito trabalho duro para você.

Esboços concluídos, você precisará pensar no seu ‘pacote técnico’, que é a informação essencial que você fornecerá ao seu fabricante.

Ele precisará incluir os detalhes e as especificações técnicas do seu produto, desde o design e as medidas até os materiais e quaisquer acessórios ou recursos extras.

A partir daí, você precisará começar a fazer e classificar padrões, antes de contratar o fabricante.

5. Crie sua marca

Como profissional de moda ou de roupas, é provável que você seja criativo. E isso o ajudará a desenvolver uma marca para sua empresa de roupas para iniciantes. Leia nossas dicas essenciais para criar uma marca que funcione para o seu negócio.

6. Comece a fabricar

Volte ao seu trabalho de design e junte tudo. É hora de levar seu produto aos fabricantes. Este é o ponto em que você estará contratando a pessoa (ou equipe) que irá pegar seus projetos e torná-los realidade.

Claro, se você pretende fazer tudo sozinho por enquanto, ou com sua própria equipe escolhida a dedo, pode pular esta etapa! Isso também se aplica se você estiver olhando apenas para comprar produtos prontos por atacado e vendê-los.

Para iniciar sua busca pelo fabricante certo, pergunte entre os contatos que você possui e sinta suas prioridades.

É um artesão, artesanato que você procura, ou uma empresa comercial com ênfase em velocidade e confiabilidade?

A manufatura é uma parte crucial de qualquer negócio de roupas, não importa o tamanho; portanto, dedique um tempo para encontrar, conversar e verificar uma boa lista de potenciais.

Depois de decidir, é hora de fazer uma amostra. Faça com que o fabricante escolhido execute um pequeno lote de seus projetos e teste-os com os de outro fabricante.

Considere o tempo necessário para discutir ajustes e melhorias antes de pressionar o gatilho em uma execução completa do produto.

Junto com seus próprios objetivos e razões para iniciar uma empresa de roupas, pense em seu potencial cliente em.

Para quem você procura vender? Eles provavelmente preferem uma certa aparência? Você está projetando para pessoas que se preocupam muito com a experiência geral de compra da sua marca (do site ou da loja até a etiqueta, o empacotamento e o boletim informativo por e-mail) ou existe o risco de alienar as pessoas com embalagens sofisticadas ou uma aparência milenar ?

O que você decidir, baseie sua marca em seus instintos e um pouco de pesquisa. Na medida em que seu orçamento permitir, considere dinheiro para embalagem e as comunicações com o cliente e, acima de tudo, tente ser consistente. Não é bom usar embalagens bonitas em um mês e uma sacola maltratada no dia seguinte.

7. Teste seu produto

Deseja usar esses designs de execução de amostra? Levá-los ao mercado pode ser uma ótima maneira de testar seu produto sem comprometer-se com a execução completa do produto.

Os espaços de negociação no mercado, as feiras escolares e as plataformas online como o Facebook Marketplace podem ser ótimos lugares para começar, fazer anotações e pedir a seus clientes o tempo todo seus comentários sobre o produto e qualquer outra coisa que eles estejam procurando.

Você descobrirá que a fase de teste nunca termina, pois você sempre adicionará novos produtos à sua linha e trabalha o que vende e o que é menos popular.

O feedback é uma forma importante de moeda comercial e uma maneira de acelerar o seu crescimento. Portanto, aceite-o e refine seus produtos fantásticos.

8. Leve ao mercado

Você testou seu produto, ele está sendo vendido e está pronto para solicitar sua primeira execução completa do produto. É hora de levar a sério a venda do seu produto, e você terá que tomar algumas decisões antes de colocar a primeira peça de vestuário.

Reserve um tempo para considerar como você irá:

Avalie seus produtos
Comercialize sua marca
Crie uma loja de roupas online, se este for seu plano
Organize quaisquer promoções ou promoções
Empacote seus produtos
Envie seus produtos (se estiver trabalhando com base em pedidos)
Lidar com quaisquer devoluções ou problemas do cliente
Planeje o seu fabricante com antecedência para novas estações e períodos ocupados
Tudo isso pode estar no seu plano de negócios, mas é uma boa ideia refinar os detalhes antes de entrar em produção em grande escala.

9. Amplie seu negócio de roupa

Você fez isso. Sua empresa de roupas foi lançada, você fez suas primeiras vendas e está resolvendo os vincos. O dimensionamento pode muito bem estar em sua mente como um empresário ambicioso, com planos para novos produtos ou pedidos maiores.

Reserve um tempo para refletir sobre o andamento de seus negócios, antes de se comprometer com os próximos passos. De fato, vale a pena manter as coisas pequenas e simples nas primeiras duas temporadas, conhecendo a realidade da produção e realização antes de assumir o próximo desafio. Seu plano de negócios pode refletir seu cronograma de crescimento, mas, novamente, seja flexível.

Seu primeiro trabalho pode ser contratar seu primeiro funcionário , ajudá-lo com todas as opções acima, dando a você um espaço necessário para respirar para fazer um balanço do negócio de roupas que você criou.