Seja um Otimista, Mas não seja um otimista que vai a Falência

É ótimo se sentir otimista em relação ao seu negócio. No entanto, o tipo errado de otimismo esmagará suas chances de sucesso.

tipo errado de otimismo esmagará suas chances de sucesso

Deixe-me contar-lhe sobre meu recente encontro com o Alexandre. Sua história explica exatamente o que estou me referindo.

Eu falei pela última vez com Alexandre(não é o nome real dele) sobre o seu negócio, em 2015. Ele é o amigo-de-um-amigo e parece ser uma pessoa muito boa. Ele também está muito otimista sobre o futuro de seus negócios. Otimista o suficiente para refinanciar sua casa, algo que ele disse que já havia feito “mais de uma vez”. Achei o otimismo dele interessante, já que nos 4 anos desde a última vez em que falamos, seu negócio mal começou. E naquela época, ele já vinha lutando há anos.

Então, seu negócio não está indo a lugar algum há muito tempo. E com base nos planos que ele compartilhou comigo, não há chances realistas de o negócio ver qualquer crescimento futuro. Isso porque sua “estratégia” de desenvolvimento de negócios falha totalmente em resolver seus problemas reais. Infelizmente, ele simplesmente estará repetindo os mesmos erros comuns que estão prejudicando seus negócios durante todo esse tempo.

Então, por que isso acontece e qual é a lição que devemos tirar da história do Alexandre ?

Os 2 tipos de otimismo

Os 2 tipos de otimismo

Como eu disse no começo, é ótimo se sentir otimista em relação ao seu negócio. Na verdade, temos que ser otimistas. Mas somente se nosso otimismo for justificado. Você vê, existem dois tipos de otimismo. Um é essencial. O outro é tóxico.

Estou me referindo ao otimismo justificado e a um otimismo injustificado.

  • O otimismo justificado é baseado em um planejamento sólido. É a confiança que vem de saber que você está fazendo as coisas certas, corretamente . E o conhecimento de que sua empresa está realizando progressos mensuráveis ​​no prazo esperado. Esse tipo de otimismo é claramente justificado.
  • O otimismo injustificado é muito diferente. Isso vem de ignorar a realidade da sua situação. Isso vem da esperança de que as coisas “melhorem”, sem fazer as melhorias, pelas quais sua empresa está gritando. Está enraizado no medo; o medo da mudança e, ironicamente, o medo da perda.

O otimismo injustificado vem com um efeito colateral muito perigoso: tem exatamente o mesmo poder em sua mente, como otimismo justificado. Se o seu negócio está estagnado ou até mesmo encolhendo, mas você escolhe acreditar que tudo vai ser ótimo, ele age como um narcótico.

Um narcótico?

Sim, um narcótico!

Por quê?

Porque aumentar o otimismo, mesmo o otimismo infundado, tira a dor (ou urgência) que você precisa sentir, para se motivar a consertar o que está errado.

Aqui está um exemplo que eu uso, ao explicar isso para grupos de jovens empreendedores.

É como ver a fumaça na parte de trás do carro, mas prefere ignorar e dizer que está tudo bem com o carro. Mesmo se você acreditar 100% que seu carro está em boas condições, o motor ainda será destruído se você ignorar toda aquela fumaça preta . O otimismo injustificado não faz nada para resolver o problema. Mas o Justificado faz muita coisa. O justificado te fará procurar um bom mecânico e resolver o problema.

Os empresários tendem a ser otimistas. Vamos encarar, temos que ser! O fato de começarmos um negócio em primeiro lugar, com garantia zero de sucesso, exige muito otimismo.

A chave aqui é garantir que nosso otimismo seja sempre justificado. E que nosso otimismo está fundamentado na realidade da nossa situação hoje, junto com os planos que estamos fazendo para o amanhã.

Veja Também 

10 Razões pelas quais sua empresa não cresce e como você pode Corrigi-las!

3 Fatores que farão o seu negócio um caso de sucesso: Conscientização, Agilidade e Modelo de Negócio

Como abrir uma empresa de consultoria totalmente rentável nos próximos 42 Dias